O Real ProblemaO que é fé no larVideos

O Real Problema

Pesquisas recentes demonstram uma realidade preocupante.

  • Menos de 10% dos pais que frequentam regularmente uma igreja com seus filhos leem a Bíblia juntos, oram juntos (além das orações antes das refeições) ou participam em atividades sociais juntamente com a família.
  • Apenas 28% dos jovens nas igrejas conversaram com sua mãe sobre fé.
  • Apenas 13% dos jovens nas igrejas conversaram com seu pai sobre fé.
  • Entre 69 a 94% das crianças e jovens evangélicos abandonam a igreja assim que terminam o Ensino Médio.

É fácil colocar a culpa na sociedade, nos filmes, no securalismo. É assim tão simples?

As Escrituras são claras em dizer que o lar é o lugar onde a fé deve ser cultivada e passada de geração em geração (Deuteronômio 6.1-9, 2 Timóteo 1.5). Será que chegou a hora de prestarmos mais atenção a esse real problema?

A igreja tem se tornado uma forte parceira das famílias a ponto de “terceirizar” o crescimento espiritual das pessoas, tornando a vida com Deus nos lares menos importante. As pesquisas sugerem que é exatamente isso que vem ocorrendo. O resultado são cada vez mais jovens longe da igreja depois que entram na vida universitária e profissional.

O que fazer para mudar este cenário? Parte da solução é trabalhar com programas ministeriais que alcancem e fortaleçam os lares a fim de que se tornem cada vez mais ativos no cultivo da fé.

Este é o propósito de “Fé no Lar”, uma iniciativa para auxiliar as famílias e as igrejas a alcançarem a nova geração e fortalecerem a fé em casa.

Interessante? Veja mais na próxima aba!

O que é Fé no Lar?

“Fé no Lar” não é um programa, uma coleção de sermões nem um modismo cristão passageiro. É um movimento que busca auxiliar igrejas e famílias a se unirem, preparando a nova geração juntas.

Para quem é?

Você tem um lar? Uma família? Uma casa cheia de gente ou crianças? Um ninho vazio?
Você é recém casado? Solteiro? Pais com filhos adultos?
“Fé no Lar” é para você!

Por que “Fé no Lar”?

Em primeiro lugar, é um antídoto para a hipocrisia.
Em segundo, gera influência.
Em terceiro, causa um impacto multi-geracional.

Por onde começar?

Comece em casa. Então, surgirá a pergunta: “E a igreja? Ela não deveria ser o centro da vida cristã?”. O papel da igreja é ser um parceiro para a vida toda no nosso crescimento espiritual, não uma substituta ou serviço religioso contratado para ensinar a fé. Em Deuteronômio 6.20, Moisés diz: “Quando teu filho te perguntar no futuro, dizendo: Que significam os testemunhos, e estatutos e juízos que o SENHOR nosso Deus vos ordenou?”, saberá que a fé foi passada aos filhos!
Pais, vejam o vídeo preparado para você na próxima aba.
Pastores, vejam na próxima aba os vídeos especiais sobre a estratégia Fé no Lar.

Pastores

Ministério para a Família vs. Fé no Lar

Pais e familiares

6 Elementos Essenciais para Tornar-se Uma Igreja Voltada para a Fé

Pastores de crianças

Do que as famílias precisam?